Organizando uma embaixada


O começo de um projeto é sempre muito importante. Se uma semente for lançada de maneira correta ela pode dar bons frutos, mas se for lançada no lugar errado será só desperdício.

Algumas pessoas querem organizar (ou reorganizar) uma embaixada. Mas começam sem planejamento e sem o mínimo de estrutura e acabam fazendo com que o trabalho dê errado. O que acontece é que em vez de ajudar, acabam dificultando a implantação futura da Organização Embaixadores do Rei.

São requisitos básicos para se organizar uma embaixada:

  • Apoio do pastor
  • Líderes disponíveis
  • Espaço físico disponível
  • Recursos materiais

O apoio do pastor é necessário pois é ele quem levará a igreja a apoiar a embaixada.

Líderes disponíveis também são necessários uma vez que uma embaixada precisa de crentes dispostos a trabalhar com os meninos. Algumas vezes a igreja ou o pastor pressionam um irmão para trabalhar com os ER, ele inicia o trabalho, mas logo vai embora e a embaixada tem que parar. Isto é frustrante para os meninos e para a igreja.

A embaixada precisa de um lugar para se reunir. O ideal é que seja um lugar separado só para ela, mas, como hoje isso é praticamente impossível na maioria das igrejas, deve ter uma sala que possa utilizar semanalmente.

Os recursos materiais também são necessários. Talvez não seja muito dinheiro, mas são necessários alguns folhetos Para Ser Embaixador, manuais do Candidato, Caderneta de Conselheiro e de Secretário, bíblias para emprestar aos visitantes e, se possível, uma bandeira dos ER.


1º Passo – Treinar os líderes

Se você não tem líderes treinados, isto é, que participaram de um CICER ou concluíram o sistema de postos dos ER, este é o primeiro passo.

Hoje, o único treinamento disponível para conselheiros de ER é o CICER, que é ministrado por algum DCER (Departamento Convencional de Embaixadores do Rei), ou pelo DENAER (Departamento Nacional de Embaixadores do Rei). Além do CICER, é recomendável que o futuro conselheiro dos ER leia livros sobre adolescentes e sobre liderança.

Se possível, visite boas embaixadas em funcionamento e converse com outros conselheiros.

O conselheiro não precisa ser um expert no assunto para iniciar uma embaixada, mas deve ter o conhecimento mínimo.


2º Passo – Divulgue

Dê uma palavra rápida para a igreja (adultos) enfatizando:

  • O ambiente agradável de uma embaixada, que proporcionará maior integração dos meninos na igreja.
  • As oportunidades de lazer que os meninos terão
  • O crescimento espiritual através dos estudos da bíblia e de missões
  • O crescimento pessoal (discplina, iniciativa, liderança) através das atividades.
Convide os meninos na EBD ou nas uniões de treinamento, enfatizando:

  • As oportunidades de lazer
  • Os acampamentos e atividades especiais
  • O crescimento espiritual através dos estudos da bíblia e de missões

3º Passo – Realizar as reuniões iniciais

As primeiras reuniões servem para explicar aos meninos o que é uma embaixada, o que eles farão como Embaixadores do Rei, escolher o nome e a diretoria da embaixada.

Todas as reuniões dos ER devem ser divertidas, por isso você deve usar dinâmicas e brincadeiras para os meninos se integrarem, mas a primeira reunião deve ser especialmente marcante, afinal, a primeira impressão é a que fica.


SUGESTÕES DE REUNIÕES:

Primeira Reunião

  • Faça um ou dois quebra-gelos
  • Ensine uma ou duas músicas, preferencialmente dos ER, exceto o Hino Oficial
  • Faça uma dinâmica com ensino bíblico (máx. 20 minutos)
  • Cante novamente uma das músicas ensinadas
  • Fale sobre a Organização Embaixadores do Rei

a. Explique que a igreja está pensando em iniciar uma embaixada

b. Mostre que existem embaixadas em vários outros países

c. Fale que os ER fazem acampamentos, olimpíadas e passeios.

d. Fale sobre o que o menino vai aprender na embaixada através da bíblia

- Coisas boas para ser um homem de caráter

- Ser honesto, trabalhar em equipe, ajudar o próximo

- Ser indepente, etc...

e. Fale sobre os manuais dos ER

f. Explique o significado do nome Embaixadores do Rei

- Diga que eles serão representantes de Jesus Cristo

  • Abra uma oportunidade para os meninos perguntarem
  • Se possível, leve um ou dois ER de outra embaixada que possuam medalhas ganhas na Organização para mostrar aos meninos.
  • Faça um momento de recreação

a. Explique que os ER possuem quatro regras nos esportes e que elas devem ser aplicadas desde já

b. Faça diversas brincadeiras

  • Encerre fazendo um circulo e explicando que na próxima reunião, os meninos poderão saber o que fazer para se tornarem Embaixadores do Rei.

Segunda Reunião

  • Faça um ou dois quebra-gelos
  • Relembre as músicas ensinadas.
  • Relembre

a. As atividades dos ER: acampamentos, olimpíadas e passeios.

b. O que o menino vai aprender na embaixada através da bíblia

c. Os requisitos mínimos

  • Verifique os requisitos que os meninos já aprenderam marcando-os na Caderneta do Conselheiro
  • Ensine uma música dos ER
  • Faça uma dinâmica com ensino bíblico (máx. 20 minutos)
  • Explique como funciona a diretoria da embaixada e seus cargos.
  • Faça um momento de recreação

a. Relembre as quatro regras dos ER nos esportes e que elas devem ser aplicadas.

b. Faça diversas brincadeiras

  • Encerre fazendo um circulo lembrando que os meninos que souberem os requisitos mínimos poderão se tornar Embaixadores do Rei.

Terceira Reunião

  • Relembre duas ou três músicas
  • Verifique os requisitos que os meninos já aprenderam marcando-os na Caderneta do Conselheiro
  • Faça uma dinâmica com ensino bíblico (máx. 20 minutos)
  • Explique que uma embaixada deve ter um nome, por isso os meninos devem escolhê-lo.

a. Deve ser o nome de um missionário ou pastor

b. Traga duas ou três sugestões de nomes com pequenas biografias

c. Faça a votação

  • Leve uma sugestão de nomes para a diretoria da embaixada e coloque em votação
  • Cante duas ou três músicas dos ER
  • Faça um momento de recreação

a. Relembre as quatro regras dos ER nos esportes e que elas devem ser aplicadas.

b. Faça diversas brincadeiras


Organizar Oficialmente a embaixada

É importante que seja realizado um culto de organização da Embaixada perante a igreja. Esse culto tem o objetivo de oficializar o novo ministério, incentivar os meninos, conhecer outras embaixadas e informar a igreja.

Embora seja uma programação solene, esta programação, não deve ser cansativa, deve edificar aos participantes.

Uma sugestão de programação:

  • Abertura
  • Palavra de explicação do Motivo do Culto
  • Oração
  • Entrada das bandeiras (Brasil, Cristã, Embaixadores do Rei)
  • Compromisso dos Embaixadores do Rei - dirigido pelo Embaixador-Chefe
  • Hino Oficial dos ER
  • Apresentação das Embaixadas / coordenadores / presidentes, etc... presentes e Palavra de Boas Vindas
  • NÚMEROS ESPECIAIS/ PARTICIPAÇÕES
  • Momento de Louvor
  • Mensagem
  • Organização Oficial da Nova Embaixada

a. Apresentação dos conselheiros

b. Apresentação dos ER

c. Breve relato sobre o início dos trabalhos

d. Apresentação da diretoria

e. Apresentação nome da embaixada e breve bibliografia do patrono.

f. Oração pela nova embaixada, pelos conselheiros e pela diretoria.

  • Encerramento.

 
PORTAL TENHO5IDEAIS | Organização Missionária Embaixadores do Rei | Embaixada Raimundo Fortunato - PIB Vila Garrido