TÁ NA SECA?


Eu sei que você ficou curioso por causa do título, e a pergunta chave do estudo é: Você tá na seca? Hoje vamos falar de uma seca que ocorreu em Israel quando Acabe era o rei, mas antes vamos ler I Reis 16:29-33:

Acabe, filho de Onri, se tornou rei de Israel e governou vinte e dois anos em Samaria. Ele pecou contra o SENHOR Deus mais do que qualquer um dos que haviam sido reis antes dele. Não se contentando em pecar como o rei Jeroboão, Acabe fez pior e casou com Jezabel, filha de Etbaal, rei de Sidom, e adorou o deus Baal. Acabe construiu um templo para Baal em Samaria, fez para ele um altar e o colocou no templo. Levantou também um poste-ídolo e assim fez mais coisas para deixar o SENHOR Deus irado do que todos os reis de Israel haviam feito antes dele.


Como você já sabe (em todos os estudos eu escrevo isso), pecado tem conseqüência. O rei Acabe escolheu por não seguir aos mandamentos de Deus, escolheu construir altares para outros deuses, enfim, fez tudo o que desagrada a Deus e segundo o texto que a gente acabou de ler: “fez mais coisas para deixar o Senhor Deus irado do que todos os reis de Israel haviam feito antes dele.”

A parada não estava muito boa não e aí entra na história um profeta chamado Elias, confere aê:

Um profeta chamado Elias, de Tisbé, na região de Gileade, disse ao rei Acabe: - Em nome do SENHOR, o Deus vivo de Israel, de quem sou servo, digo ao senhor que não vai cair orvalho nem chuva durante os próximos anos, até que eu diga para cair orvalho e chuva de novo. I Reis 17:1


Agora em Israel não chove mais, nenhuma gotinha d’água cai do céu. Plantações secando, animais morrendo, fome, sede, caos total. Imagine o que a chuva, naquele momento, representava para aquele povo. Ela representava a esperança, representava a colheita, o fim da fome, representava uma nova vida, o fim da tristeza e o início de um recomeço... mas por três anos não choveu em Israel.

A seca veio pelo afastamento de Israel da vontade de Deus, e com você embaixador, não é diferente. Já percebeu que quando você começa a se afastar de Deus algumas áreas da sua vida vão secando?

LEITURA DA BÍBLIA
Uma das primeiras coisas a secar é a vontade de ler a Bíblia. Você não está mais com aquela empolgação toda, já olha para a Bíblia com aquele pensamento: “Aff, vou ter que ler a Bíblia”, e quando olha... É isso que o nosso inimigo quer, te fazer não aprender a verdade porque essa verdade liberta e ele quer te fazer cada vez mais prisioneiro do pecado.

ORAÇÃO
Outra coisa que seca é a vontade de orar. Não sei se você tem uma vida de oração, mas quando você tem e se afasta de Deus você fica, tipo, com vergonha dEle e essa vontade vai secando. Você que normalmente nem ora ou ora aquelas orações semi-prontas ( do almoço, da hora de dormir...) esquece até de fazer essas orações.

Essa seca, a seca de oração, tira nossa comunicação com Deus e a partir daí nós passamos também a não mais ouvi-lo.

ESTAR NA IGREJA
Quando a gente deixa de ler a Bíblia, orar e ouvir a voz de Deus, a próxima vontade a secar é a vontade de estar na embaixada, na igreja, junto com os irmãos. Quando chegamos a esse ponto é porque a coisa está preocupante. Olha o que diz lá em Hebreus 10:25: “Não abandonemos, como alguns estão fazendo, o costume de assistir às nossas reuniões. Pelo contrário, animemos uns aos outros e ainda mais agora que vocês vêem que o dia está chegando.”

Olha a seca que você está passando embaixador, seca de Deus! Você não tem mais vontade de estar nas reuniões da embaixada, nos cultos, você não tem mais vontade de ler a Bíblia e orar. Em que ponto chegamos embaixador.

Voltando a história do povo de Israel, passaram-se três anos de seca, esses três anos que Israel passou pela seca foi para eles perceberem que precisavam do Senhor e que sem Deus não conseguiriam mais viver, assim também é com você embaixador, é impossível viver sem Jesus. Então Deus fala assim para o profeta Elias:

Algum tempo depois, no terceiro ano da seca, o SENHOR Deus disse a Elias: - Vá apresentar-se ao rei Acabe, pois eu vou mandar chover. I Reis 18:1


Elias foi até o rei Acabe, Acabe tinha outros profetas que não adoravam ao Deus verdadeiro. Eram mais de 400 profetas contra Elias, mas Deus agiu de forma poderosa através da vida de Elias, quando viram o agir de Deus, os israelitas se ajoelharam, encostaram o rosto no chão e gritaram: - O Senhor é Deus! Só o Senhor é Deus!. Veja o que aconteceu:

Elias disse: - De todos os profetas de Deus, o SENHOR, eu fui o único que sobrou, mas os profetas de Baal são quatrocentos e cinqüenta. Agora tragam dois touros. Que os profetas de Baal matem um deles, cortem em pedaços e ponham em cima da lenha, mas não ponham fogo! Eu farei a mesma coisa com o outro touro. E aí os profetas de Baal vão orar ao seu deus, e eu orarei ao SENHOR. O deus que responder mandando fogo, este é que é Deus. E todo o povo respondeu: - Está bem assim!
Os profetas de Baal pegaram o touro que havia sido trazido para eles, e o prepararam, e oraram a Baal desde a manhã até o meio-dia. Eles gritavam assim: - Ó Baal, responde às nossas orações! E ficaram dançando em volta do altar que haviam feito, porém não houve resposta.
Ao meio-dia, Elias começou a caçoar deles. Ele dizia: - Orem mais alto, pois ele é deus! Pode ser que esteja meditando ou que tenha ido ao banheiro. Talvez ele tenha viajado ou talvez esteja dormindo, e vocês terão de acordá-lo! Aí os profetas oraram mais alto, (...) passou o meio-dia, e eles continuaram a orar e a gritar até a hora do sacrifício da tarde; porém não se ouviu nenhum som.
Então Elias disse ao povo: - Cheguem para mais perto de mim. Todos chegaram mais perto de Elias, e ele começou a consertar o altar do Senhor Deus, que estava derrubado. Com essas pedras Elias reconstruiu o altar para a adoração do SENHOR. Depois cavou em volta uma valeta em que cabiam mais ou menos doze litros de água. Em seguida colocou lenha no altar, cortou o touro em pedaços e os pôs em cima da lenha. Então disse: - Encham quatro jarras com água e derramem sobre o animal sacrificado e sobre a lenha. Eles fizeram o que Elias estava mandando, e ele disse: - Façam de novo. E eles fizeram. - Façam pela terceira vez! - disse Elias. E eles fizeram. A água correu em volta do altar e encheu a valeta.
Quando chegou a hora do sacrifício da tarde, o profeta Elias chegou perto do altar e orou assim: - Ó SENHOR (...) Prova agora que és o Deus de Israel, e que eu sou teu servo, e que fiz tudo isto de acordo com a tua ordem. Responde-me, ó SENHOR, responde-me, para que este povo saiba que tu, o SENHOR, és Deus e estás trazendo este povo de volta para ti!
Então o SENHOR mandou fogo. E o fogo queimou o sacrifício, a lenha, as pedras, a terra e ainda secou a água que estava na valeta. Quando viram isso, os israelitas se ajoelharam, encostaram o rosto no chão e gritaram: - O SENHOR é Deus! Só o SENHOR é Deus!


Depois disso tudo Elias orou e mandou que seu ajudante olhasse do monte para o mar e por seis vezes o ajudante não viu nada. Mas na sétima vez ele viu uma nuvem, pequena, do tamanho da mão de um homem, mas era uma nuvem, era o sinal da chuva!

Em pouco tempo o céu se cobriu de nuvens escuras, o vento começou a soprar, e uma chuva pesada começou a cair. I Reis 18:45ª


Embaixador, concerte sua vida com Deus, volte a fazer a vontade de Jesus. No começo pode até parecer que nada está acontecendo, mas uma hora a chuva virá, as secas da sua vida vão acabar e da água da vida eterna você beberá. "A pessoa que beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede. Porque a água que eu lhe der se tornará nela uma fonte de água que dará vida eterna. João 4:14"




Jullyander de Lacerda
Conselheiro da Embaixada Raimundo Fortunato

 
PORTAL TENHO5IDEAIS | Organização Missionária Embaixadores do Rei | Embaixada Raimundo Fortunato - PIB Vila Garrido