Testemunho: ER Marlon Santos


"Deus responde as orações, hoje eu estou na sala
do batismo e minha mãe está também."

Eu entrei na embaixada por causa do futebol, como quase todo embaixador. No início eu achava a embaixada chata, eu só ia para a embaixada para jogar futebol. No primeiro conclave que eu fui fiquei sentado lá no meu canto vendo todos aqueles meninos pulando e cantando. Eu só queria que aquilo tudo acabasse logo.

Antes de entrar na embaixada eu vivia na vida do pecado. Toda vez que eu estava conversando com meus colegas na escola, a cada dez palavras que eu dizia nove eram palavrões. Eu não lia a Bíblia, na verdade eu nem pensava em ler a Bíblia porque achava muito chato.

Depois que entrei na embaixada conheci meus verdadeiros amigos, aqueles que estão comigo tanto nas horas boas quanto nas horas ruins sempre me apoiando e sempre dando risadas comigo. Esses meus novos amigos sempre falavam pra mim que eu tinha que ler a Bíblia e seguir a cristo, mas eu era muito desanimado e preguiçoso pra essas coisas. Ainda bem que Deus colocou a embaixada na Minha vida! Obrigado por essa família Jesus!

Antes de eu entrar na embaixada minha mãe não ia para a igreja há mais ou menos dois anos. Entrei na embaixada e aprendi que a oração tem poder e comecei a orar pela minha família. Fiquei orando e chamando minha mãe para ir à igreja por um bom tempo. Um dia eu fui para o culto de domingo à noite e na hora em que acabou o culto e eu levantei para ir embora, quem estava lá no fundo da igreja? Minha mãe!

Deus responde as orações, hoje eu estou na sala do batismo e minha mãe está também. Vou me batizar junto com ela! Agora só falta um irmão meu, eu acredito no meu Rei e sei que ele cumpre as suas promessas: Eu e a minha casa serviremos ao Senhor!

Meu nome é Marlon Santos, tenho dezesseis anos e agradeço a Deus por ter mudado a minha vida e a vida da minha família através embaixada e da igreja.

 
PORTAL TENHO5IDEAIS | Organização Missionária Embaixadores do Rei | Embaixada Raimundo Fortunato - PIB Vila Garrido